Afinal de quem é a culpa da cena do Angélico Vieira?

Após a partida do Angélico Vieira, muita coisa se veio a descobrir, e uma delas foi que o dono do stand era um trafulha e vendia carros ilegais…

Parece que depois da tragédia que aconteceu com o actor e musico,  António (empresário do stand) começa a ver o seu negócio com vida curta…

Segundo o jornal SOL:

Dono do stand que emprestou BMW a Angélico usava o cantor para vender carros ‘ilegais’ a famosos. Vera, do Perdidos na Tribo, foi uma delas. Abel Xavier também comprou um Nissan ao empresário.

Angélico não foi o único a receber um presente envenenado de Augusto, o dono do stand que lhe passou para as mãos um BMW que o conduziu.

Enquanto o carro que encomendara não chegava, Augusto emprestava-lhe carros topo de gama para atrair clientela. Vera Ferreira, entre outros, apresentada ao empresário pelo cantor, também esteve para fechar negócio mas apercebeu-se a tempo de que ia comprar ‘gato por lebre’.

Amiga de Angélico e uma das participantes no programa Perdidos na Tribo, Vera foi mandada parar pelas autoridades e descobriu que o Mini Cooper que conduzia – e que lhe fora entregue por Augusto – estava ilegal e que as modificações que lhe foram feitas poderiam ter causado um acidente fatal.

O carro da rapariga, que se tornou figura pública no Secret Story, era uma falsificação completa. Desde o chassi adulterado à matrícula, passando pelas jantes, os vidros fumados e a cor – nada parecia corresponder ao original.

Vera foi apresentada por Angélico a Augusto no início de Janeiro. Desde logo, amigos próximos a avisaram: «Olha que esse homem é perigoso, muito perigoso!» Mas nem ela nem Angélico acreditaram. O dono do stand foi ganhando a amizade da jovem e um dia propôs-se oferecer-lhe carro. Para a homenagear, numa cena à Hollywood, pintou o Mini Cooper de rosa, e nos bancos, forrados a pele branca para o propósito, gravou o nome da nova proprietária.

Mas sem mais nem menos, o empresário mudou de ideias e o presente vira negócio. Pede-lhe pelo carro (com quase dez anos) 11 mil euros. «E eu, que já tinha uma grande estima pelo carro, aceitei comprá-lo», conta Vera. Só que o Mini, que o dono do stand dissera à rapariga ser de 2008, tratava-se afinal de carro já estafado: um Mini R50 lançado em Abril de 2002 que mantinha ainda a velha grelha e os faróis laterais. No fundo, a mesma carroçaria.

Talvez por isso, sempre que Vera ultrapassava os 100 km/hora, perdesse a direcção assistida, ou como a própria conta: «Cada vez que fazia marcha-atrás, ouvia um barulho, como se fosse uma corrente a arrastar»

 

Será que o BMW do Angélico estava todo lixado?!

6 Comments

  1. lolada

    Ai queriam ser mais espertos que um vendedor de automóveis lol é o que da ser querer mais papista que o papa…

    Reply
  2. D

    Isto há com cada vigarista -.-

    Reply
  3. xykuu

    o carro do angelico lixou se pk ele meteu um cd do tt, hahahah xD

    Reply
  4. Anonimo

    nao falem do k nao sabem.

    Reply
  5. bmw

    Isto do angelico vieira foi cauzada pelo o dono do setander esse filho da puta e que devia de morrer em vez do angelico mas como toda a gente sabe a verdade vem sempre ao de cima e o dono do setander vai ir preso

    Reply
  6. filipe

    Toda a gente fala do rapaz , mas a verdade e que quem diz que nao estava ele com algum efeito ? Porque e que tem de existir sempre a culpa de alguem ???
    O gaijo ja vendia carros a muitos anos e nunca tive situação igual, so porque era famoso , ja para de besteais a bestas!

    Enfim ..

    Reply

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>