Não sabe ler.. mas anda no 8º ano!

O Marco fazia 16 anos quando isto foi gravado (acha ele).

O Marco está no 8º ano de escolaridade, é analfabeto e é, também, o reflexo do Estado da Educação em Portugal

Como é possivel existir disto em Portugal?

Andam crianças na escola que estudam muitas horas por dia, para poderem dizer que são os melhores em algo, para entrarem em quadros de honra, para poderem realizar sonhos… e depois vê-se disto, crianças que não sabem ler nem escrever, mas acompanham os colegas que se esforçam para estar alí…

Digam me se isto não é desmotivante

2 Comments

  1. Pedro Oliveira

    Um retrato clássico do que acontece em grande parte das escolas, a culpa neste caso é de quem não soube aproveitar o miudo, basicamente a figura da directora é de incompetente, e de relaxada, dos tantos e tantos alunos que simplesmente para aumentar estatística se passam para a frente.
    Mais exemplos disto, as figuras das Novas Oportunidades, que não são mais que uma mentira, e coisa para inglês ver, como é possivel fazer 3 anos de escolaridade em 3 semestres ou menos e de seguida ingressar na faculdade?

    O belo do caso do Português que tem de ser engenheiro ou doutor de alguma maneira…

    Reply
  2. anonimo

    Infelizmente não é caso isolado.
    Posso aqui deixar meu apoio.
    Tive professores assim em varias disciplinas, nomeadamente historia, Educação Tecnologica, Musica.
    Não sei nada sobre nenhuma destas disciplinas porque tive professores que não se importavam com o que se passava em metade da sala, só davam aulas para 4 ou 5 pessoas, e nos testes deixavam copiar para passarem todos no fim.
    Quem não tem perfil para ensinar não vai para ensino, é vergonhoso aquela directora/professora achar que é sequer justificável, ele transitar de ano sem saber ler nem escrever.

    Reply

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>